FÉ – ESPERANÇA = CARIDADE

Na Umbanda vemos vários pontos cantados falando destas situações e muitos pontos riscados mostrando a representação. Eu Alexandre de Exu, umbandista nato sempre me encantava com essas palavras na Umbanda, mais não só na Umbanda vemos elas mais em todas as religiões. Hoje se fala de filantropia, mais nada mais que essas três palavras juntas. Fé no que você acredita, esperança em fazer algo que seja certo e caridade quando você movimenta mesmo o amor em você numa escala sem limites.
São três máximas que sempre ouvimos que podemos entender de diversas maneiras, nunca fora de um contesto que é crer em Deus quando temos a Fé. Acreditar que não estamos sozinhos e que a providencia divina vai atuar de alguma forma em nossas vidas. Todos nos nós temos o amor em nós mesmos. Algumas pessoas os têm restritos a poucas pessoas e outras pessoas o espalha a diversas pessoas. O amor se ficar parado em nós pode estragar e dar origens assentimentos menos dignos. O mesmo com a fé que vira o fanatismo e a esperança que vira o desespero. A fé ela tem que amiga de todos pois ai ela vai permitir que cada um pratica a sua fé como se sentir melhor, seguindo caminho que sua religião dita, mais tem os que tem fé e não seguem religião alguma mais não pessoas do bem. A esperança e no fazemos e pode melhorar nossa vida como de quem esta junto de nós. Mais a caridade é movimentar o amor que existe em nós numa escala muito grande. Quando vamos ajudar aqueles menos desfavorecidos da sorte e sentimos que podemos ajudar isso é o amor e quando buscamos meios de ajuda r alguma forma estamos movimentando o amor que esta em nós que a nossa parte divina. Pois Deus é fonte de amor então estamos em comunhão com ele e fazendo a vontade dele. E quando se falou antes “ EU E O PAI SOMOS UM SÓ”, pois fazemos a vontade dele. Não importa o nome dele seja diferente como Nzambi, Olodumare, Olorun, Jeová ou mesmo Javé. Até o Gadu. Ele é nosso criador e nós somos suas criaturas.