Alexandre de Exu


ÌMÒ-AYE = SABER DA VIDA

Ai está o que o sacerdote de orixá, nunca vai aprender em lugar algum, mais só na vida. Como diz os antigos a vida ensina e cobra as lições.

Não tem jogo, não tem folha. O Maximo que podemos ter é orientação dos mais velhos. Mais cada tem que ter sua experiência própria e aprender e se aperfeiçoar com ela.

Um pai de santo ou mãe de santo, aprende com os outros mais tem que ser ele mesmo. Não pode ser o outro.

Cada um tem seu reinado. Cada um tem seu TRONO DO AXÉ. E ali foi colocado por merecimento, embora uns não. Obrigação de sete anos não faz ninguém Yialorixá ou Babalorixá.obrigação de sete anos, pode receber deka, mais é irmão mais velho. Não foi colocado no TRONO DO AXÉ.

Trono do axé é o ato de ser colocado no cadeirão que lhe foi preparado com os fundamentos, a que lhe pertence, como da raiz e da nação. E do Axé que vai assumir. O povo acha que é só tomar sete anos e pronto é pai ou mãe de santo. Ai a culpa é de quem lhe preparou muito mal e não lhe ensinou nada. Ser um Babalorixá é muita coisa e ser também um Obá de Ifá e muita coisa junto. Como ser uma Yialorixá e Apetebi. É estar muito bem preparado e ter visto e aprendido muita coisas que.

Não ter esse preparo ai pessoa começa a jornada de fazer merda na cabeça e vida dos outros. Orixá é coisa seria e candomblé mais ainda. E por vaidade não procura aprender, ninguém nasce sabendo e candomblé tem que se passar a tradição que começa na esteira, vai pro banquinho, chega na cadeira do Egbome e no trono do Mãe/Pai de santo.

E ainda tem o cargo de Egbe, que muitos nem sabem o que fazer ou dar posse e quem tem esse direito. Esse é a base da ancestralidade da casa.


Orixá é a parte sagrada que o ETERNO, permitiu vir em nós por uns prevês momentos para dar orientação e nos conduzir perante as leis do universo. Tudo esta no ETERNO. Ele é tudo que existiu, existe e existirá. Não existe nada sem a presença de Deus. Muito menos a religião não importa o que ela prega. Ali esta o ETERNO. O que É PORQUE É.
Olodumare, Olorun, Olodun ou Olofi. Não é o nome de Deus, nem Jave. E como nós indicamos a direção dele. Nós somos suas criaturas e não entendemos nosso criador por falta de evolução. A criatura não tem como entender o criador e limitar ele.
Então quando procuramos o jogo de búzios, estamos pedido que nos seja feita uma REVELAÇÃO. Do que está acontecendo com nossa vida, que só Deus/ETERNO, pode permitir que seja revelado. Não existe mais de um Deus. O candomblé nos ensina que o nosso Deus-Criador é nossa fonte de Luz, amor e perfeição. Então não bastar ter a revelação é preciso entender e vive-la.

Eu falei: Bàbá e Obá de Ifá

Alexandre de Exu

Veja mais assuntos...