Alexandre de Exu


Minha mãe Omidarewá

 

Minha mãe Omidarewá, um ano sem a senhora e agora o seu aniversário, 31/05/1923, nascida em Tânger, Marrocos.

É uma data que mexe muito no meu coração e dos muitos filhos e filhas de santo seus. Meus amados irmãos e minhas irmãs, ainda ouço a voz ds nossa mãe na roça, tudo em mim invoca recordações daquele tempo, que ela se esmerava para ensinar e falar que sabia. Contando as historias dela nas constantes visitas a África. Ela ensinando as danças.

 

Honro a memória dela e no axé que ela me entronizou, seguindo os ensinamentos dela, dia 20/05/2017 tirei um barco na casa da minha filha de santo Oxunlade, foram 8 yiaôs que vão perpetuar o que ela começou no Axé Atara Magba. O dia 21/0/2016 foi fático para todos nos de santo em especial os filhos dela.

 

Eu como o primeiro Exu da casa dela, hoje tem meu irmão Virgilio. Sinto o espírito dela ou axé dela em mim, que ela passou junto como conhecimento, carinho e explicações. Das minhas mãos dei a ela netos, bisnetos e casas abertas. Todos meus filhos amando e respeitando a memória de “ YIÁ”, como nós a chamamos. Me refiro sempre a ela como minha mãe de santo, lugar que nunca ninguém ira ocupar.

 

Mãe seus netos neste barco de 8 yiaôs, eu tirei na casa da sua neta a Yiatemi Oxunlade, cujo o terreiro é o Templo Religioso “ Ilê Axé Oju omi Ifá”. Os seus descendentes foram.

Ogunloni , Yiaô da sua neta Yiatemi Oxunlade, Logunkunmi e Oxuneleyé Yiaôs de sua neta Omidegi, Ilúdiká filho do seu bisneto Ibetemi. E Lokofemi, Obaremi, Oxunbami e Ewatunde são mais alguns netos que minhas mãos reavivam sua presença em nossa linhagem. E minha mãe vou iniciar muitos para perpetuarem seus ensinamentos.

 

Mãe de santo, em sua aniversário, saiba que sempre estará guardada em nosso axé com carinho e respeito. Seguindo as orientações e diretrizes.

Aos meus irmãos e irmãs, sua bença e minha bença a todos. Podemos andar o for, mais Yiá estará sempre em nossos coraçõezinhos.

Baba e Obaenioriate Alexandre de Exu

 

Veja mais assuntos...