Alexandre de Exu


Casa de santo é viva

O babalawo tem seu juramento em Ifá, o Ojê tem o seu dentro do culto de Egungun e o Babalorixá ou a Ialorixá tem o seu no culto ao orixá. Cada um tem sua finalidade e sua razão de existir. Todos fazem parte dos designos de Olodumare e como a própria natureza todos são importante e um não pode ser sem o outro por questão de equilíbrio.

A casa de santo é a casa dos orixás que fica sobre a guarda de um representante deles no mundo tereno. Como eles são as forças da natureza e a casa está ligada a essas forças. Elas controlam a casa. A casa é o zelador e o zelador é a casa.

Quando se abre uma casa, além dos fundamentos básicos tem um que quase não se vê mais que é a entronização do zelador. É o momento que ele vai dizer como será a casa e a sucessão dele. Por isso muitas casas de santo abre e fecham com a morte do zelador. Esse é um dos momento mais serio do novo axé.


O pai de santo ou Babalorixá é uma
Pessoa sagrada. Pelos votos que fez aos
Antepassados e orixás.

De socorrer a todos que sofrem sobre a
Superfície da terra. Juramento feito ao Onilé,
Orixá dono da terra.

Na consagração de pai de santo.
Quando ele se torna sagrado. Dai a palavra
consagrado. Se tornou sagrado.

Pelo que Prometeu e jurou.
De fazer sempre o bem e sem olhar
a quem. Essa é a missão.

Um pai de santo é entronizado
de forma tão seria que ninguém deve
Sentar na cadeira dele. Naquele momento
ele e a casa de santo são um só.

O babalorixá é por onde movimenta
a força do Orixá. É o amor em
Movimento, ele é o Axé em todos
Os sentidos.

Por isso uma casa de candomblé
Não pode negar a ninguém:
Amparo e Orientação
Negar água e comida
Um canto para dormi (repouso).

Cada pessoa na casa de santo
Pedindo é um orixá que bate
a porta. A casa de santo é viva
ela aspira e respira energias o
tempo todo.

Ela está em comunhão com
A própria criação dentro do cosmo.
Ela é EXU, ela é o EBÓ.

Veja mais assuntos...