Alexandre de Exu


Cargos nas casas de santo.

Chamados de Oloyê, são função especifica que recebemos em nossa casa de santo. Em que o pai ou mãe de santo dá aos filhos para que possam fazer determinado trabalhos ou função dentro da casa de santo. É também uma autoridade muito grande dentro da casa de santo.

Todas as pessoas que são iniciadas no culto de  Orixá ou Egun tem o seu cargo que é o motivo da pessoa ter se iniciado.

Quando se é iniciado num Axé que esta iniciando a pessoa tem mais chance de ter seu cargo, pois ele ainda esta vago. Já numa casa antiga a chance quase não existe, pois tem uma fila de pessoas já na frente. E o cargo só vago com a morte do ocupante. O  cargo é chamado de Oyê, e que tem é dito que tem um Oyê. Essa pessoa para ser um OLOOYÊ.  Inclusive tem a roda só de Oyê, considerado o tira teima, mesmo. Pois entrar nesta roda sem ter o cargo CONFIRMADO, dá zebra na hora.

Quando a pessoa recebe de seu ou sua zeladora um cargo, tem que confirmar o cargo numa cerimônia. Não só de boca,” Há eu ganhei o cargo e sair posando, tem que confirmar o cargo”.

Toda Yialorixá e Babalorixá tem o ser cargo, na casa do seu zelador e deve executar as funções nos dias marcados.

Uma pessoa sem cargo o santo ficar amargurado, pois é uma falta de reconhecimento dele e do filho. Dois dos Oyês mais importante numa casa e que formam a base é AGBONAN (mãe Criadeira) e YIABACE (faz as comidas). Sem essas duas a casa de santo não funciona. Tudo acontece na cozinha, ebós ou comidas de santo. Como tudo é no Ariaxé (roncor), Obi, Oxebile, Bori, obrigações e iniciações. A Agbonan e Yiabace são tão importantes que quando vai nunca casa de santo da pessoa que fui iniciada por elas, o sacerdote se levanta e da o lugar. Pois ali estão as pessoas que o alimentou e educou no santo.

A pessoa para ser Babalorixá ou Yialorixá tem que ter passado pelo seu Oyê, ai sim tem a cerimônia de consagração de sacerdote. Hoje a pessoa toma 7 anos e sai dizendo que é pai de santo ou que é Oyê. Nada disso é apenas um Egbome, isto é um irmão mais velho. Tem lá seus méritos e temos que ter respeito, mesmo ele recebendo a sua Cuiá, com isso e aquilo ele é apenas um Egbome. O mesmo para Ogans e Ajoyês (ekedes) tem que ter cargo confirmado.

Como disse antes “RODA DE OLOYÊ”, não se entra se não tiver ele confirmado e a mesma coisa que colocar o rungebe se ter recebido ele no tempo certo. Esta pedindo para morrer.

Tem cargos numa casa que é desconhecido na outra, numa raiz numa mesma nação. Mais está certo.

 

  

 

Veja mais assuntos...